Topo Páginas CEC

Tecnovigilância

O Curso de Educação Continuada tem como objetivo proporcionar aos participantes a capacitação para o exercício da tecnovigilância em serviços de saúde de modo a prepará-los para atuar de forma a garantir a segurança sanitária dos produtos para saúde.

Presencial EAD Turma Data
São Paulo (SP)
Sede do Instituto Racine
Via Internet – Telepresencial 29 e 30/Setembro/2017

.

Valor e Formas de Pagamento Inscrição Online (Brasil) Inscrição Online (Internacional)

  • Perfil Profissional / Mercado de Trabalho

    O conhecimento sobre tecnovigilância permite o aperfeiçoamento da gestão hospitalar, por meio da redução de custos e de desperdícios, do aumento da segurança ocupacional dos colaboradores e do aprimoramento dos serviços prestados ao paciente.

    A ANVISA divide os produtos relacionados à tecnovigilância em equipamentos, artigos médicos e kits diagnósticos. Tais insumos geralmente estão presentes em todos os hospitais e diversos serviços de saúde, sendo instrumentos fundamentais para a realização de procedimentos médicos diagnósticos e terapêuticos nesses estabelecimentos. Isso mostra que a tecnovigilância abrange diversos profissionais, como por exemplo: gestores envolvidos com a logística de suprimentos (como farmacêuticos, biomédicos, médicos, administradores etc); enfermeiros responsáveis pelos processos de aprovação e uso de materiais médicos; equipes do setor de engenharia clínica encarregada do gerenciamento dos equipamentos médicos por meio de atividades de planejamento e controle.

    Todas essas atividades envolvidas na tecnovigilância, quando implantadas com efetividade, resultam em melhor controle e análise dos eventos que possam vir a ocorrer.

  • A Quem se Destina

    Farmacêuticos, enfermeiros, médicos, biomédicos, fisioterapeutas, nutricionistas, cirurgiões dentistas, administradores, gerentes, auxiliares e técnicos de enfermagem, profissionais de engenharia/manutenção, e outros, que atuam ou desejam atuar com materiais e dispositivos médicos em hospitais, indústrias, distribuidoras, laboratórios, clínicas, consultórios, farmácias, drogarias, Assistência Farmacêutica de Estados e Municípios. Indicado, também, aos docentes e estudantes de cursos de graduação nas áreas relacionadas.

  • Competências Desenvolvidas no Egresso

    Ao término do curso, o aluno será capaz de:

    • Conhecer os conceitos de tecnovigilância e definições técnicas aplicáveis;
    • Analisar as normas e portarias que regulamentam a aplicação prática da tecnovigilância no âmbito da Política de Saúde Brasileira.
    • Estabelecer protocolos de tecnovigilância em serviços de saúde.
  • Temas Desenvolvidos no Curso

    Componentes Curriculares Carga Horária
    Contextualização da Tecnovigilância na Política de Saúde
    O Sistema Nacional de Vigilância Sanitária
    Análise e Interpretação Técnica da RDC 67/2009 da ANVISA
    Planejamento, Padronização de Artigos e Definição de Compras
    Processo de Qualificação de Materiais
    A Importância e o Papel da Integração das Comissões Hospitalares
    Processo de Registro: Normatização e Situações Excepcionais
    Prevenção de Riscos Associados ao uso de Equipamentos
    Equipamentos Críticos para a Saúde
    Vigilância de Eventos Adversos e Queixas Técnicas Associados aos Produtos para a Saúde
    Tecnovigilância: Aspectos Internacionais
    Certificação em Tecnovigilância
    Tecnovigilância nos Serviços Públicos e Privados de Saúde
    Fontes de Pesquisa em Tecnovigilância
    Contextualização da Tecnovigilância na Política de Saúde
    CARGA HORÁRIA TOTAL 12h
  • Dias e Horários

    Turma Presencial (SP) / EAD Periodicidade
    Sexta-Feira (18h30 às 22h30) Um final de semana.

    Conforme a construção do calendário, as aulas podem ocorrer em período integral ou parcial.


    Créditos de Desenvolvimento Profissional

    O Instituto Racine possui Protocolos de Colaboração com instituições nacionais e internacionais com o objetivo de facilitar o acesso à educação. Os cursos podem somar créditos para o desenvolvimento profissional, bem como para a validação de carteira profissional, conforme o objetivo dos protocolos e as regras instituídas por estes.

    Protocolos Vigentes / Créditos Conferidos

    Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo Ordem dos Farmacêuticos de Portugal
    2.0 CDEC
    Programa DEC-SINDUSFARMA
    248_2016

    Docente

    Os professores que integram o corpo docente dos cursos intensivos do Instituto Racine são titulados e/ou qualificados, congregando competências técnicas e humanísticas à visão sistêmica das perspectivas socioambientais e mercadológicas das áreas em que atuam. São doutores, mestres, especialistas e/ou docentes com vasta experiência profissional.

Farmacêuticos regularmente inscritos no CRF-SP
têm 25% de desconto nas parcelas deste curso.

 

Farmacêuticos regularmente inscritos no CRF-AL
têm 25% de desconto nas parcelas deste curso.