Topo Páginas CEC

Tecnovigilância em Pesquisa Clínica com Dispositivos Médicos

O curso tem como objetivo capacitar profissionais para atuação nas atividades de monitoramento de eventos adversos durante os ensaios clínicos com Dispositivos Médicos.

Presencial EAD Turma Início das Aulas
São Paulo (SP)
Sede do Instituto Racine
Via Internet – Telepresencial 26/Fevereiro/2018

.

Valores e Forma de PagamentoClique Aqui e Faça sua Inscrição Online

  • Perfil Profissional / Mercado de Trabalho

    Com o objetivo de descobrir, confirmar efeitos e/ou identificar eventos adversos relacionados ao produto investigado, a Pesquisa Clínica com Dispositivos Médicos é fundamental para a determinação da conformidade, da eficácia e da segurança desses produtos que serão disponibilizados à população. Todo evento adverso ocorrido durante as fases da pesquisa clínica deverão ser identificados, investigados e relatados, fundamentalmente para que a segurança dos pacientes envolvidos no ensaio clínico seja garantida.

    Assim, a Pesquisa Clínica com Dispositivos Médicos caracteriza-se como uma área de atuação profissional promissora, uma vez que se encontra na pauta tanto da indústria, quanto dos hospitais, principais usuários destes produtos, e das universidades. Sendo uma área de pesquisa complexa, exige dos profissionais que pretendam conduzi-la capacitação técnica associada a habilidades humanas e de gestão.

    O mercado de trabalho necessita de profissionais capacitados para atuar com Tecnovigilância em Pesquisas Clínicas, avaliando eventos que possam representar risco aos sujeitos da pesquisa e realizando intervenções em tempo hábil utilizando procedimentos padronizados e regulamentados.

  • A Quem se Destina

    Profissionais da área da saúde, em especial Farmacêuticos, Médicos, Biomédicos e Enfermeiros, bem como outros profissionais, como Engenheiros Químicos, Biólogos e Químicos. Indicado, também, a docentes e estudantes de cursos de graduação e de pós-graduação nestas áreas, e a outros profissionais que desejam conhecer melhor esta área de atuação.

  • Competências Desenvolvidas no Egresso

    Ao término do curso, o profissional será capaz de:

    • Conhecer os aspectos regulatórios pertinentes à tecnovigilância durante a realização dos estudos clínicos com Dispositivos Médicos;
    • Detectar possíveis eventos adversos associados ao uso dos Dispositivos Médicos em investigação;
    • Realizar intervenções em tempo hábil e seguir com os procedimentos padronizados e regulamentados, conforme o caso;
    • Atuar na atividade de coleta, avaliação e comunicação de eventos adversos ocorridos durante os ensaios clínicos com Dispositivos Médicos.
  • Programa do Curso

    Visão Geral de Segurança de Dispositivos Médicos; Aspectos Regulatórios do Relato de Eventos Adversos; Processo de coleta, avaliação e classificação (Gravidade, Causalidade e Seriedade) de Eventos Adversos durante um Ensaio Clínico. 08h
    Fluxo de Relato e Submissão à Autoridade Reguladora; Estudo de Casos. 08h
    CARGA HORÁRIA TOTAL  16h

    O Instituto Racine se reserva no direito de inverter disciplinas, assim como substituir docentes, de acordo com a construção do calendário, respeitando a carga-horária total do curso. Nestes casos, os alunos serão informados com antecedência.

  • Dias e Horários (GMT – 03H00) Brasília

    Turma Presencial (SP) / EAD Periodicidade
    Segundas-feiras (18h30 às 22h30).  Aulas Semanais

    Conforme a construção do calendário, as aulas podem ocorrer em período integral ou parcial.


    Coordenadora

    Maria Eugênia Carvalhaes Cury
    Farmacêutica, graduada pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP). Mestre em Educação do Ensino Superior pela Faculdade de Educação da PUCCAMP. Especialista em Planejamento e Gerenciamento em Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da PUCCAMP. Especialista em Atenção Farmacêutica – Formação em Farmácia Clínica pelo Instituto Racine. Possui quinze (15) anos de experiência em docência, atuando como professora e Coordenadora do Curso de Ciências Farmacêuticas da PUCCAMP, cinco (05) anos como farmacêutica da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Paulo, sete (07) anos como Gerente Geral de Monitoramento de Produtos Sujeitos à Vigilância Sanitária na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Atua como Coordenadora de Cursos e no Desenvolvimento de Projetos Educacionais no Instituto Racine.

Farmacêuticos regularmente inscritos no CRF-AL
têm 25% de desconto nas parcelas deste curso.