Topo Páginas CPG

Curso de Aperfeiçoamento em Farmácia Oncológica

O Curso de Aperfeiçoamento em “Atualização em Farmácia Oncológica” tem como objetivo atualizar os conhecimentos dos farmacêuticos que atuam na área de oncologia, oferecendo subsídios de farmacologia, farmacologia clínica, farmacoterapia, farmacovigilância, atenção farmacêutica, farmacotécnica, gestão e legislação em oncologia, de forma a contribuir para uma prática farmacêutica de qualidade em Unidades de Saúde, considerando todas as etapas do processo assistencial envolvendo medicamentos antineoplásicos.

Os conteúdos das disciplinas são desenvolvidos de forma integrada e aplicados ao contexto da prática farmacêutica em Oncologia, tanto no âmbito hospitalar quanto nos âmbitos ambulatorial e domiciliar. Esta característica contribui para que a formação seja efetuada de forma dinâmica, participativa e voltada para aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, tanto no que diz respeito a atividades de gestão quanto a atividades clínicas.

Presencial EAD Turma Início das Aulas
São Paulo (SP)
Instituto Racine
10 meses presenciais
02 meses à distância (aulas gravadas)
Telepresencial – Via Internet
10 meses à distância (aulas ao vivo)
02 meses à distância (aulas gravadas)
Vagas Remanescentes

.

Valor e Forma de Pagamento Clique Aqui e Faça sua Inscrição Online
Inscrição Online (Ordem dos Farmacêuticos de Portugal)

  • Perfil Profissional / Mercado de Trabalho

    A significativa alteração na demografia mundial, em função da redução das taxas de mortalidade e natalidade e aumento da expectativa de vida e de envelhecimento populacional, determinou uma modificação significativa nos padrões de saúde e doença no mundo, conhecida como Transição Epidemiológica. Tal transição é caracterizada por alteração no perfil de morbimortalidade, com queda da taxa de doenças infecciosas e aumento das doenças crônico-degenerativas, em especial, as doenças cardiovasculares e o câncer.

    O câncer é um importante problema de saúde pública em nível mundial, representando cerca de 12% de todas as causas de morte no mundo. A Oncologia, uma especialidade recente, ainda não conta com número suficiente de profissionais, de todas as áreas do conhecimento, capacitados para fazer frente à demanda crescente dos serviços de saúde. O farmacêutico, bem preparado para atuar nessa área, encontra um mercado de trabalho ascendente e com boa remuneração.

    Segundo a Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (SOBRAFO): “A exemplo de outras áreas da Farmácia, a atuação em oncologia começou a ser delineada a partir de 1990, com base em normativas internacionais e trabalhos implementados em grandes centros hospitalares que passaram a identificar desde os riscos ocupacionais e ambientais até a exigência de rigorosa técnica asséptica para a manipulação de medicamentos complexos. As terapias oncológicas são consideradas criticas por utilizarem doses terapêuticas muito próximas das doses tóxicas e se destinarem a pacientes imunossuprimidos pela doença ou pelo próprio tratamento. A tarefa da manipulação criteriosa dessas doses gerou a necessidade do estabelecimento de rotinas e adequação de áreas físicas específicas e dedicadas, demandando ao farmacêutico um intenso aperfeiçoamento técnico”. Além disso, na última década, tem crescido a demanda por atuação clínica de farmacêuticos, tanto em Unidades de Internação, quanto Unidades Ambulatoriais e em domicílios, o que torna obrigatória a capacitação desses profissionais para que possam atuar de forma resolutiva e qualificada no acompanhamento dos resultados farmacoterapêuticos dos pacientes submetidos à terapia antineoplásica.

    Assim, o farmacêutico capacitado para atuar em oncologia pode trabalhar, no âmbito gerencial, clínico e farmacotécnico, em clínicas especializadas em tratamento oncológico, em hospitais de grande, médio e pequeno porte, dedicados exclusivamente ou não ao atendimento de pacientes portadores de neoplasias, desenvolver programas de prevenção, exercer a docência ou realizar pesquisas em universidades e outros centros de estudo.

    Em todas as áreas de atuação profissional a atualização é fundamental, no entanto, no caso da oncologia, ela é ainda mais necessária, não só para o desenvolvimento da carreira, mas também para que o profissional conheça os recursos e descobertas científicas que vem sendo intensamente exploradas nas áreas Farmacêutica e da Genética, que são determinantes para a ampliação das opções terapêuticas para atender as necessidades dos pacientes.

    Além disso, na última década, tem crescido a demanda por atuação clínica de farmacêuticos, tanto em Unidades de Internação, quanto Unidades Ambulatoriais e em domicílios, o que torna obrigatória a capacitação desses profissionais para que possam atuar de forma resolutiva e qualificada no acompanhamento dos resultados farmacoterapêuticos dos pacientes submetidos à terapia antineoplásica.

    Assim, o farmacêutico capacitado para atuar em oncologia pode trabalhar, no âmbito gerencial, clínico e farmacotécnico, em clínicas especializadas em tratamento oncológico, em hospitais de grande, médio e pequeno porte, dedicados exclusivamente ou não ao atendimento de pacientes oncológicos, desenvolver programas de prevenção, exercer a docência ou realizar pesquisas em universidades e outros centros de estudo. Uma formação com olhar abrangente capacita o profissional para contribuir com a assistência integral ao paciente.

    Em todas as áreas de atuação profissional a atualização é fundamental, no entanto, no caso da oncologia, ela é ainda mais necessária, não só para o desenvolvimento da carreira, mas também para que o profissional conheça os recursos e descobertas científicas que vem sendo intensamente exploradas nas áreas Farmacêutica e da Genética, que são determinantes para a ampliação das opções terapêuticas para atender as necessidades dos pacientes.

  • A Quem se Destina

    Farmacêuticos que atuam ou desejam atuar na área de oncologia, tanto na prestação de serviços clínicos aos pacientes, quanto na prestação nos serviços de gestão e de farmacotécnica oncológica. Indicado, também, a docentes e estudantes de cursos de graduação e de pós-graduação em Farmácia.

    Ideal para profissionais de:

    • Hospitais Especializados em Oncologia ou que atendam Pacientes Portadores de Neoplasias (Farmácias, Unidades de Internação, Ambulatórios);
    • Clínicas Privadas de Tratamento Oncológico;
    • Unidades e Centros de Saúde Especializados;
    • Serviços de Assistência Domiciliar (Home Care).
  • Competências Desenvolvidas no Egresso

    Ao término do curso, o profissional será capaz de:

    • Compreender as bases epidemiológicas, genéticas e moleculares do câncer, bem como as bases da oncologia clínica;
    • Conhecer as bases da farmacologia, farmacologia clínica e farmacoterapia do câncer de forma a aplicá-las para a tomada de decisões clínicas e gerenciais no âmbito da oncologia;
    • Aplicar métodos clínicos de avaliação da farmacoterapia: na admissão, na internação e na alta hospitalar;
    • Aplicar métodos de acompanhamento farmacoterapêutico ao paciente oncológico;
    • Estruturar uma Central de Medicamentos Antineoplásicos em Unidades de Saúde, seguindo as normativas vigentes;
    • Analisar e notificar suspeitas de eventos adversos com medicamentos antineoplásicos;
    • Orientar o paciente e seus familiares em relação às condutas a seguir na administração de medicamentos e na manifestação de eventos adversos;
    • Aplicar as Boas Práticas Assistenciais em Oncologia no atendimento ao paciente pediátrico e idoso, considerando suas características e particularidades;
    • Prestar assistência a pacientes submetidos a Transplante de Medula Óssea, interagindo com a equipe de cuidado e com os outros profissionais envolvidos com esta modalidade de tratamento;
    • Implementar métodos operacionais e gerenciais em Unidades Oncológicas com finalidade de otimizar os recursos humanos e materiais disponíveis;
    • Atuar em equipe multidisciplinar de atendimento ao paciente de forma integrada, resolutiva e com foco na segurança do paciente.
  • Temas Desenvolvidos no Curso

    Componentes Curriculares Carga Horária
    Fundamentos de Oncologia e de Farmacologia Oncológica: A Atuação do Farmacêutico em Oncologia no Mundo; Histórico e Epidemiologia das Neoplasias; Bases Genéticas e Moleculares do Câncer; Bases da Oncologia Clínica: Tipos de Tumores, Estadiamento e Métodos Diagnósticos; Modalidades de Tratamento do Câncer: Quimioterapia, Radioterapia e Cirurgia; Características Físico-Químicas e Farmacológicas dos Agentes Antineoplásicos: Alquilantes, Antimetabólitos, Inibidores Mitóticos, Antibióticos Antitumorais, Inibidores da Topoisomerase (Tipos I e II); Agentes de Suporte: Antieméticos, Bifosfonatos, Corticosteróides, Anti-histamínicos, Fatores de Crescimento de Colônia, Eletrólitos e Soros para Hidratação; Interações Medicamentosas com Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte (Fármaco-Fármaco, Fármaco-Alimentos, Fármaco-Exames Laboratoriais); Quimioterapia Oral e Terapia Hormonal; Classes Especiais de Medicamentos em Oncologia: Imunoterapia, Terapia Alvo. 40h
    Farmacoterapia de Neoplasias Prevalentes em Adultos e Crianças: Oncologia Clínica: Estadiamento, Avaliação do Paciente Oncológico, Métodos Diagnósticos e Propostas de Tratamento; Protocolos de Tratamento de Tumores Sólidos: Cabeça e Pescoço, Sistema Digestório, Pulmão, Próstata, Mama, Colo Uterino e Aparelho Reprodutor; Protocolos de Tratamentos de Tumores em Hematologia: Leucemias, Linfomas, Micose Fungóide e Síndromes Mielodisplásicas; Vias de Administração Especiais em Oncologia. 34h
    Boas Práticas Clínicas Farmacêuticas em Oncologia: Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica em Oncologia; Interpretação Clínica de Exames Laboratoriais em Oncologia; Conciliação de Medicamentos na Admissão, Internação e Alta Hospitalar; Acompanhamento Farmacoterapêutico do Paciente Oncológico; Dispensação de Antineoplásicos Orais, Gerenciamento de Riscos no Cuidado ao Paciente Oncológico; Farmacovigilância em Oncologia: Segurança do Paciente, Erros de Medicação, Iatrogenia, Reações Adversas a Medicamentos e Polifarmácia. 46h
    Boas Práticas Farmacotécnicas em Oncologia: Avaliação da Prescrição de Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte; Requisitos Estruturais e Humanos de uma Unidade de Preparo de Medicamentos Antineoplásicos Injetáveis de Pequeno e Grande Volume; Cálculo e Correção de Doses; Fracionamento de Antineoplásicos; Controle e Garantia de Qualidade de Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte Preparados em Unidades de Saúde; Biossegurança e Higiene do Trabalho. 24h
    Assistência Interdisciplinar em Oncologia: Oncogeriatria; Oncopediatria; Transplante de Medula Óssea; Cuidados Paliativos; Emergências Oncológicas. 64h
    Gestão da Farmácia Oncológica: Gestão da Qualidade e Acreditação; Qualificação de Fornecedores; Logística de Medicamentos e Materiais; Gerenciamento de Recursos Materiais e Humanos; Farmacoeconomia em Oncologia. 12h
    CARGA HORÁRIA TOTAL 220h

    O Instituto Racine se reserva no direito de inverter disciplinas, assim como substituir docentes, de acordo com a construção do calendário, respeitando a carga-horária total do curso. Nestes casos, os alunos serão informados com antecedência.


    Atividades Práticas

    A Visita Técnica a Unidade de Farmácia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) tem o objetivo de apresentar um Serviço de Farmácia considerado modelo de organização em Centro Hospitalar Especializado em Oncologia, com foco nas Boas Práticas da Assistência Farmacêutica.

    Discussão de Casos Clínicos: durante todo curso serão discutidos casos clínicos com foco na interdisciplinaridade, na integralidade do cuidado, nas melhores práticas e na segurança do paciente.

  • Dias e Horários

    Turma SP / EAD  Periodicidade
    Sábado (09h às 18h) e Domingo (08h às 17h)*
    *A aula de abertura do curso acontecerá no dia 28/07/2017, sexta-feira, das 18h30 as 22h30.
    Aulas em Um Final de Semana ao Mês.

    Conforme a construção do calendário, as aulas podem ocorrer em período integral ou parcial.


    Créditos de Desenvolvimento Profissional

    O Instituto Racine possui Protocolos de Colaboração com instituições nacionais e internacionais com o objetivo de facilitar o acesso à educação. Os cursos podem somar créditos para o desenvolvimento profissional, bem como para a validação de carteira profissional, conforme o objetivo dos protocolos e as regras instituídas por estes.

    Protocolos Vigentes / Créditos Conferidos

    Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo Ordem dos Farmacêuticos de Portugal
    37 CDEC
    Programa DEC-SINDUSFARMA
    251_2016

    Coordenação

    Káthia Ferraro Lopes

    Farmacêutica, graduada pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas das Faculdades Oswaldo Cruz. Especialista em Farmácia em Oncologia pela Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (SOBRAFO) e Membro da mesma Sociedade desde 2.000. Especialista em Administração Hospitalar pelo Instituto de Pesquisas Hospitalares. Atua na área de Farmácia Oncológica e Central de Preparo de Misturas Estéreis desde 1989, tendo trabalhado no Hospitai A.C. Camargo, Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Samaritano e em empresas especializadas, como Farmoterápica e Clinica de Oncologia. Participou da elaboração dos Guias: “Preparo de Medicamentos Antineoplásicos” e “Notificação de Reações Adversas”, publicados pela SOBRAFO. Atua como Speaker da Empresa Sanofi. Coordenadora de Cursos e Docente do Instituto Racine.


    Corpo Docente

    Os professores que integram o corpo docente do Instituto Racine são titulados e/ou qualificados, congregando competências técnicas e humanistas à visão sistêmica das perspectivas sócio-ambientais e mercadológicas das áreas em que atuam. São doutores, mestres, especialistas e/ou docentes com vasta experiência profissional.