Topo Páginas CPG

Aperfeiçoamento em Farmácia Oncológica

O curso tem como objetivo atualizar os conhecimentos dos farmacêuticos que atuam na área de oncologia, oferecendo subsídios de farmacologia, farmacologia clínica, farmacoterapia, farmacovigilância, atenção farmacêutica, farmacotécnica, gestão e legislação em oncologia, de forma a contribuir para uma prática farmacêutica de qualidade em Unidades de Saúde, considerando todas as
etapas do processo assistencial envolvendo medicamentos antineoplásicos.

Os conteúdos das disciplinas são desenvolvidos de forma integrada e aplicados ao contexto da prática farmacêutica em Oncologia, tanto no âmbito hospitalar quanto nos âmbitos ambulatorial e domiciliar. Esta característica contribui para que a formação seja efetuada de forma dinâmica, participativa e voltada para aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, tanto no que diz respeito a atividades de gestão quanto a atividades clínicas.

Presencial EAD Turma Início das Aulas
São Paulo (SP)
Instituto Racine
10 meses presenciais
02 meses à distância (aulas gravadas)
Telepresencial – Via Internet
10 meses à distância (aulas ao vivo)
02 meses à distância (aulas gravadas)
03/Fevereiro/2018*

.

Valor e Forma de Pagamento Clique Aqui e Faça sua Inscrição Online
Inscrição Online (Ordem dos Farmacêuticos de Portugal)

  • Perfil Profissional / Mercado de Trabalho

    A significativa alteração na demografia mundial, em função da redução das taxas de mortalidade e natalidade e aumento da expectativa de vida e de envelhecimento populacional, determinou uma modificação significativa nos padrões de saúde e doença no mundo, conhecida como Transição Epidemiológica. Tal transição é caracterizada por alteração no perfil de morbimortalidade, com queda da taxa de doenças infecciosas e aumento das doenças crônico-degenerativas, em especial, as doenças cardiovasculares e o câncer.

    O câncer é um importante problema de saúde pública em nível mundial, representando cerca de 12% de todas as causas de morte no mundo. A Oncologia, uma especialidade recente, ainda não conta com número suficiente de profissionais, de todas as áreas do conhecimento, capacitados para fazer frente à demanda crescente dos serviços de saúde. O farmacêutico, bem preparado para atuar nessa área, encontra um mercado de trabalho ascendente e com boa remuneração.

    Segundo a Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (SOBRAFO): “A exemplo de outras áreas da Farmácia, a atuação em oncologia começou a ser delineada a partir de 1990, com base em normativas internacionais e trabalhos implementados em grandes centros hospitalares que passaram a identificar desde os riscos ocupacionais e ambientais até a exigência de rigorosa técnica asséptica para a manipulação de medicamentos complexos. As terapias oncológicas são consideradas criticas por utilizarem doses terapêuticas muito próximas das doses tóxicas e se destinarem a pacientes imunossuprimidos pela doença ou pelo próprio tratamento. A tarefa da manipulação criteriosa dessas doses gerou a necessidade do estabelecimento de rotinas e adequação de áreas físicas específicas e dedicadas, demandando ao farmacêutico um intenso aperfeiçoamento técnico”. Além disso, na última década, tem crescido a demanda por atuação clínica de farmacêuticos, tanto em Unidades de Internação, quanto Unidades Ambulatoriais e em domicílios, o que torna obrigatória a capacitação desses profissionais para que possam atuar de forma resolutiva e qualificada no acompanhamento dos resultados farmacoterapêuticos dos pacientes submetidos à terapia antineoplásica.

    Assim, o farmacêutico capacitado para atuar em oncologia pode trabalhar, no âmbito gerencial, clínico e farmacotécnico, em clínicas especializadas em tratamento oncológico, em hospitais de grande, médio e pequeno porte, dedicados exclusivamente ou não ao atendimento de pacientes portadores de neoplasias, desenvolver programas de prevenção, exercer a docência ou realizar pesquisas em universidades e outros centros de estudo.

    Em todas as áreas de atuação profissional a atualização é fundamental, no entanto, no caso da oncologia, ela é ainda mais necessária, não só para o desenvolvimento da carreira, mas também para que o profissional conheça os recursos e descobertas científicas que vem sendo intensamente exploradas nas áreas Farmacêutica e da Genética, que são determinantes para a ampliação das opções terapêuticas para atender as necessidades dos pacientes.

    Além disso, na última década, tem crescido a demanda por atuação clínica de farmacêuticos, tanto em Unidades de Internação, quanto Unidades Ambulatoriais e em domicílios, o que torna obrigatória a capacitação desses profissionais para que possam atuar de forma resolutiva e qualificada no acompanhamento dos resultados farmacoterapêuticos dos pacientes submetidos à terapia antineoplásica.

    Assim, o farmacêutico capacitado para atuar em oncologia pode trabalhar, no âmbito gerencial, clínico e farmacotécnico, em clínicas especializadas em tratamento oncológico, em hospitais de grande, médio e pequeno porte, dedicados exclusivamente ou não ao atendimento de pacientes oncológicos, desenvolver programas de prevenção, exercer a docência ou realizar pesquisas em universidades e outros centros de estudo. Uma formação com olhar abrangente capacita o profissional para contribuir com a assistência integral ao paciente.

    Em todas as áreas de atuação profissional a atualização é fundamental, no entanto, no caso da oncologia, ela é ainda mais necessária, não só para o desenvolvimento da carreira, mas também para que o profissional conheça os recursos e descobertas científicas que vem sendo intensamente exploradas nas áreas Farmacêutica e da Genética, que são determinantes para a ampliação das opções terapêuticas para atender as necessidades dos pacientes.

  • A Quem se Destina

    Farmacêuticos que atuam ou desejam atuar na área de oncologia, tanto na prestação de serviços clínicos aos pacientes, quanto na prestação nos serviços de gestão e de farmacotécnica oncológica. Indicado, também, a docentes e estudantes de cursos de graduação e de pós-graduação em Farmácia.

    Ideal para profissionais de:

    • Hospitais Especializados em Oncologia ou que atendam Pacientes Portadores de Neoplasias (Farmácias, Unidades de Internação, Ambulatórios);
    • Clínicas Privadas de Tratamento Oncológico;
    • Unidades e Centros de Saúde Especializados;
    • Serviços de Assistência Domiciliar (Home Care).
  • Competências Desenvolvidas no Egresso

    Ao término do curso, o profissional será capaz de:

    • Compreender as bases epidemiológicas, genéticas e moleculares do câncer, bem como as bases da oncologia clínica;
    • Conhecer as bases da farmacologia, farmacologia clínica e farmacoterapia do câncer de forma a aplicá-las para a tomada de decisões clínicas e gerenciais no âmbito da oncologia;
    • Aplicar métodos clínicos de avaliação da farmacoterapia: na admissão, na internação e na alta hospitalar;
    • Aplicar métodos de acompanhamento farmacoterapêutico ao paciente oncológico;
    • Estruturar uma Central de Medicamentos Antineoplásicos em Unidades de Saúde, seguindo as normativas vigentes;
    • Analisar e notificar suspeitas de eventos adversos com medicamentos antineoplásicos;
    • Orientar o paciente e seus familiares em relação às condutas a seguir na administração de medicamentos e na manifestação de eventos adversos;
    • Aplicar as Boas Práticas Assistenciais em Oncologia no atendimento ao paciente pediátrico e idoso, considerando suas características e particularidades;
    • Prestar assistência a pacientes submetidos a Transplante de Medula Óssea, interagindo com a equipe de cuidado e com os outros profissionais envolvidos com esta modalidade de tratamento;
    • Implementar métodos operacionais e gerenciais em Unidades Oncológicas com finalidade de otimizar os recursos humanos e materiais disponíveis;
    • Atuar em equipe multidisciplinar de atendimento ao paciente de forma integrada, resolutiva e com foco na segurança do paciente.
  • Temas Desenvolvidos no Curso

    Componentes Curriculares Carga Horária
    Fundamentos de Oncologia e de Farmacologia Oncológica: A Atuação do Farmacêutico em Oncologia no Mundo; Histórico e Epidemiologia das Neoplasias; Bases Genéticas e Moleculares do Câncer; Bases da Oncologia Clínica: Tipos de Tumores, Estadiamento e Métodos Diagnósticos; Modalidades de Tratamento do Câncer: Quimioterapia, Radioterapia e Cirurgia; Características Físico-Químicas e Farmacológicas dos Agentes Antineoplásicos: Alquilantes, Antimetabólitos, Inibidores Mitóticos, Antibióticos Antitumorais, Inibidores da Topoisomerase (Tipos I e II); Agentes de Suporte: Antieméticos, Bifosfonatos, Corticosteróides, Anti-histamínicos, Fatores de Crescimento de Colônia, Eletrólitos e Soros para Hidratação; Interações Medicamentosas com Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte (Fármaco-Fármaco, Fármaco-Alimentos, Fármaco-Exames Laboratoriais); Quimioterapia Oral e Terapia Hormonal; Classes Especiais de Medicamentos em Oncologia: Imunoterapia, Terapia Alvo. 40h
    Farmacoterapia de Neoplasias Prevalentes em Adultos e Crianças: Oncologia Clínica: Estadiamento, Avaliação do Paciente Oncológico, Métodos Diagnósticos e Propostas de Tratamento; Protocolos de Tratamento de Tumores Sólidos: Cabeça e Pescoço, Sistema Digestório, Pulmão, Próstata, Mama, Colo Uterino e Aparelho Reprodutor; Protocolos de Tratamentos de Tumores em Hematologia: Leucemias, Linfomas, Micose Fungóide e Síndromes Mielodisplásicas; Vias de Administração Especiais em Oncologia. 34h
    Boas Práticas Clínicas Farmacêuticas em Oncologia: Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica em Oncologia; Interpretação Clínica de Exames Laboratoriais em Oncologia; Conciliação de Medicamentos na Admissão, Internação e Alta Hospitalar; Acompanhamento Farmacoterapêutico do Paciente Oncológico; Dispensação de Antineoplásicos Orais, Gerenciamento de Riscos no Cuidado ao Paciente Oncológico; Farmacovigilância em Oncologia: Segurança do Paciente, Erros de Medicação, Iatrogenia, Reações Adversas a Medicamentos e Polifarmácia. 46h
    Boas Práticas Farmacotécnicas em Oncologia: Avaliação da Prescrição de Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte; Requisitos Estruturais e Humanos de uma Unidade de Preparo de Medicamentos Antineoplásicos Injetáveis de Pequeno e Grande Volume; Cálculo e Correção de Doses; Fracionamento de Antineoplásicos; Controle e Garantia de Qualidade de Medicamentos Antineoplásicos e de Suporte Preparados em Unidades de Saúde; Biossegurança e Higiene do Trabalho. 24h
    Assistência Interdisciplinar em Oncologia: Oncogeriatria; Oncopediatria; Transplante de Medula Óssea; Cuidados Paliativos; Emergências Oncológicas. 64h
    Gestão da Farmácia Oncológica: Gestão da Qualidade e Acreditação; Qualificação de Fornecedores; Logística de Medicamentos e Materiais; Gerenciamento de Recursos Materiais e Humanos; Farmacoeconomia em Oncologia. 12h
    CARGA HORÁRIA TOTAL 220h

    O Instituto Racine se reserva no direito de inverter disciplinas, assim como substituir docentes, de acordo com a construção do calendário, respeitando a carga-horária total do curso. Nestes casos, os alunos serão informados com antecedência.


    Atividades Práticas

    A Visita Técnica a Unidade de Farmácia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) tem o objetivo de apresentar um Serviço de Farmácia considerado modelo de organização em Centro Hospitalar Especializado em Oncologia, com foco nas Boas Práticas da Assistência
    Farmacêutica.
    Discussão de Casos Clínicos: durante todo curso serão discutidos casos clínicos com foco na interdisciplinaridade, na integralidade do cuidado, nas melhores práticas e na segurança do paciente..

  • Dias e Horários

    Turma SP / EAD  Periodicidade
    Sábado (09h às 18h) e Domingo (08h às 17h)*.
    *A aula de abertura do curso acontecerá no dia 02/02/2018, sexta-feira, das 18h30 as 22h30.
    Aulas em Um Final de Semana ao Mês.

    Conforme a construção do calendário, as aulas podem ocorrer em período integral ou parcial.


    Créditos de Desenvolvimento Profissional

    O Instituto Racine possui Protocolos de Colaboração com instituições nacionais e internacionais com o objetivo de facilitar o acesso à educação. Os cursos podem somar créditos para o desenvolvimento profissional, bem como para a validação de carteira profissional, conforme o objetivo dos protocolos e as regras instituídas por estes.

    Protocolos Vigentes / Créditos Conferidos

    Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo Ordem dos Farmacêuticos de Portugal
    37 CDEC
    Programa DEC-SINDUSFARMA
    251_2016

    Coordenação

    Káthia Ferraro Lopes

    Farmacêutica, graduada pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas das Faculdades Oswaldo Cruz. Especialista em Farmácia em Oncologia pela Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (SOBRAFO) e Membro da mesma Sociedade desde 2.000. Especialista em Administração Hospitalar pelo Instituto de Pesquisas Hospitalares. Atua na área de Farmácia Oncológica e Central de Preparo de Misturas Estéreis desde 1989, tendo trabalhado no Hospitai A.C. Camargo, Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Samaritano e em empresas especializadas, como Farmoterápica e Clinica de Oncologia. Participou da elaboração dos Guias: “Preparo de Medicamentos Antineoplásicos” e “Notificação de Reações Adversas”, publicados pela SOBRAFO. Atua como Speaker da Empresa Sanofi. Coordenadora de Cursos e Docente do Instituto Racine.


    Corpo Docente

    Os professores que integram o corpo docente do Instituto Racine são titulados e/ou qualificados, congregando competências técnicas e humanistas à visão sistêmica das perspectivas sócio-ambientais e mercadológicas das áreas em que atuam. São doutores, mestres, especialistas e/ou docentes com vasta experiência profissional.